DÍVIDA DO ESTADO COM A SAÚDE DE JAPONVAR ULTRAPASSA 2 MILHÕES DE REAIS

O Estado de Minas Gerais, vive o que pode se dizer a maior crise financeira, política e moral da sua história, as mais de 850 prefeituras do estado amargam a falta dos repasses recolhidos pelo governo estadual, o que está impedindo o funcionamento normal das atividades municipais, o rombo ultrapassa 10 bilhões de reais e a gestão do então Governador Fernando Pimentel (PT) já virou manchete em todas as mídias/jornais nacionais.

Em Japonvar, a dívida do estado com a saúde municipal chega a 2 milhões de reais, o que compromete o bom funcionamento dos serviços oferecidos para a população, o confisco vai desde a Atenção Primária a Saúde a Vigilância em Saúde, a soma dos valores não repassados acumula uma dívida da Secretaria Estadual de Saúde-SES com o município de Japonvar no valor de R$2.040.726,54 (dois milhões, quarenta mil reais e cinquenta e quatro centavos), sem previsão para regularização do débito o município prioriza as atividades essenciais, para manter os atendimentos e as ações básicas para população.

Além da Saúde outras áreas da Administração também sofrem pela falta de repasses, a exemplo da Educação onde os valores acumulados são de R$1.090.368,57 (um milhão, noventa mil, seiscentos e sessenta e oitos reais e cinquenta e sete centavos), referentes ao FUNDEB 2018-Retidos do ICMS, IPVA para a Educação, mais R$84.700,43 (oitenta e quatro mil setecentos reais e quarenta e três centavos) FUNDEB juros e correções e o transporte escolar R$229.441,07 (duzentos e vinte e nove mil, quatrocentos e quarenta e um reais e sete centavos) totalizando uma dívida do estado com a educação de Japonvar no valor de R$1.404.510,07 (um milhão, quatrocentos e quatro mil, quinhentos e dez reais e sete centavos).

Várias ações já foram mobilizadas pela Associação dos Municípios da Mineira da Sudene-AMAMS e Associação dos Municípios Mineiros – AMM, ,para pressionar o Governo do Estado para a regularização dos repasses, porem até o momento nada foi repassado e os municípios continuam realizando malabarismos diários para manter suas atividades básicas em dia.

Em Japonvar o Prefeito, Leonardo Durães, garante a manutenção das atividades básicas e a continuidade das obras em andamento no município por meio de recursos de emendas e outras arrecadações, mantendo assim o cumprimento de metas importantes para o desenvolvimento do município mesmo em meio a citada crise.